Quem vai ganhar as Eleições de 2022 – Apostas Políticas no Brasil

Antes de tudo, a cada quatro anos o povo brasileiro sai às ruas e caminha até os colégios eleitorais de todo o Brasil para votar. A saber, em ano de Olimpíadas (2020, 2024…), vota-se para eleger vereador, deputado estadual e prefeito. Por outro lado, após mais dois anos, sempre em ano de Copa do Mundo (2018, 2022…), vota-se para eleger deputado federal, senador, governador e presidente. Mas, afinal, quem vai ganhar as eleições de 2022?

De antemão, a dúvida é notória no cenário nacional. De fato, o país encontra-se totalmente dividido entre direita e esquerda. Então, de um lado, temos as pessoas em prol da esquerda, geralmente pela defesa de uma maior igualdade social. Assim, envolvem-se em uma preocupação com os cidadãos que são considerados em desvantagem na sociedade. Dessa forma, há uma suposição de que existe desigualdade e injustiça que deve solucionada.

Por outro lado, está a direita, que tem certa rejeição de objetivos igualitários da política de esquerda, alegando que a desigualdade econômica é natural e inevitável. Bem como, geralmente são mais conservadores, prezam pelos direitos individuais ao invés do coletivo e são comumente ligados a valores tradicionais, às vezes religiosos ou até retrógrados.

Por certo, a briga entre direita e esquerda no Brasil tomou proporções fanáticas nas últimas eleições para Presidente, em 2018. A saber, de um lado estavam os apoiadores do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT (Partido dos Trabalhadores), partida de esquerda. Em contrapartida, o candidato da oposição, Jair Messias Bolsonaro (então no PL – Partido Liberal), levava o apoio de quem não queria mais o governo de esquerda no poder após 16 anos (quatro mandatos).

Em uma região do país Bolsonaro ganharia de Lula, com 15% de vantagem | Exame

Bolsonaro x Lula

Como apostar nas eleições de 2022?

Em resumo, os palpites em quem será eleito presidente em 2022 são muito simples. São as famosas apostas de longo prazo. Então, quando o apostador faz uma aposta de longo prazo no futebol, ele procura acertar quem vai ser o campeão de determinado campeonato até mesmo antes dele começar.

Decerto, no caso das eleições, você vai tentar cravar quem será eleito. Dessa forma, você vence a aposta se acertar quem foi eleito, não que quem venceu o 1º turno. Obviamente, caso a eleição seja vencida ainda no turno inicial, você ganha se acertar o vencedor.

Fazer uma aposta política na 1xBet >>
Para ser presidente Odds

Lula

1.532

Jair Bolsonaro

2.738

Ciro Gomes

33

João Dória

34

Quem vai ganhar as eleições de 2022?

Primeiramente, para responder quem vai ganhar as eleições de 2022, é preciso fazer uma análise de todo o cenário político nacional. Antes de tudo, não é uma tarefa fácil, visto que a maior parte da população vê a política com os mesmos olhos que vê futebol, ou seja, com fanatismo, ao invés da racionalidade e da lógica. Dessa forma, a pergunta sobre quem vai ganhar as eleições de 2022 fica difícil de ser respondida.

Entretanto, não faltam apostas eleições 2022 para governar o país. Em suma, o brasileiro já conhece alguns candidatos a Presidente, pois muitos deles já lançaram suas candidaturas. Por outro lado, o povo sempre fica na dúvida sobre quem ganha as eleições em 2022 para deputado federal, senador e ao governo. Ademais, as propagandas partidárias eleitorais não costumam ajudar muito na decisão.

Nesse ínterim, a gama de deputados a escolher, a falta de conhecimento das funções exercidas e até mesmo a falta de informações sobre os candidatos, acaba fazendo com que votem na bandeira (sigla do partido) ou até mesmo por afeição ou por achar engraçado (e não é piada). Então, quem ganha as eleições em 2022 são obviamente os políticos, pois uma crítica geral é a falta de renovação no meio. Dessa forma, são sempre os mesmos rostos carimbados concorrendo as mesmas vagas.

Fazer uma aposta política na 1xBet >>

Quem é favorito e quem ganha as eleições em 2022?

Em primeiro lugar, está claro no cenário político verde-amarelo que a disputa presidencial ficará entre LulaBolsonaro. Mas, até certo momento antes do anúncio dos candidatos, o ex-juiz e Ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil sob a gestão de BolsonaroSergio Moro, havia anunciado que concorreria, o que deixaria mais difícil saber quem vai ganhar as eleições de 2022.

Desafeto tanto de Lula quanto de BolsonaroMoro e aliadod chegaram a popularizar uma “Terceira Via”, como ficou conhecido o movimento. A saber, Sergio Moro foi o juiz que condenou Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-Presidente foi preso antes das eleições de 2018 e não pode concorrer a Presidência da República contra Jair Messias Bolsonaro (que tomou uma facada de Adélio Bispo de Oliveira, durante uma passeata para falar com apoiadores nas ruas).

Fazer uma aposta política na 1xBet >>

O que é a Terceira Via?

Antes de mais nada, a expressão “Terceira Via” foi criada como uma “proposta de renovação política e econômica alternativa ao socialismo e ao liberalismo”, tendo como um de seus criadores o sociólogo Anthony Giddens, ligado ao partido trabalhista britânico.

Em suma, a teoria formulada atingiu um nível de sucesso considerável. Bem como, foi indicada como linha política de figuras importantes, como o ex-Presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso. Além disso, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, assim como Tony Blair, ex-primeiro-ministro da Grã-Bretanha. Em resumo, a ideia é uma alternativa capaz de oferecer respostas que a  direita e a esquerda não conseguiram. Por certo, esta via foi cogitada por boa parte da população devido ao relevante grau de rejeição de Lula-Bolsonaro junto à população. Ademais, seria uma alternativa ao antagonismo idealizado por grande parte das pessoas.

sergio moro terceira via

Terceira Via e a indecisão de Moro

Por que talvez Sergio Moro não dispute a Presidência do Brasil?

Contudo, apesar de nascer como uma opção para boa parte dos brasileiros que não simpatizam com as ideias de esquerda (Lula) e direita (Bolsonaro), a “Terceira Via” ainda não está confirmada. Isso porque o ex-juiz e Ministro Sergio Moro, homem forte da via, deixou a filiação ao Podemos e mudou para o partido União Brasil, criado da fusão entre PSL DEM.

Assim, filiado ao União Brasil, o partido declarou ver como forma estratégica que Moro se candidate a Deputado Federal, visto que sua popularidade ajudaria a legenda a ter uma maior representatividade no Congresso Nacional nos próximos quatro anos. Por isso, Moro ainda não está entre os cotados para quem vai ganhar as eleições de 2022, ao menos por enquanto. Importante ressaltar que o ex-juiz segue afirmando estar disponível para disputar a presidência este ano, ele está realmente dependendo da decisão final do União Brasil.

Então, quem são os decididos candidatos à Presidência do Brasil?

Antes de tudo, quem vai ganhar as eleições de 2022 é Lula ou Bolsonaro. De fato, pela popularidade e alto grau de rejeição de ambos, no famoso “ame ou odeie”, um deles deve ser eleito. Porém, existem mais uma dezena de candidatos e alguns ainda devem pintar na lista de quem vai ganhar as eleições de 2022. Portanto, confira os pré-candidatos à Presidência:

Fazer uma aposta política na 1xBet >>
  1. André Janones (Avante)
  2. Ciro Gomes (PDT – Partido Democrático Trabalhista)
  3. Felipe D’Ávila (NOVO)
  4. Jair Bolsonaro (PL – Partido Liberal)
  5. João Dória (PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira)
  6. José Maria Eymael (DC – Democracia Cristã)
  7. Lula (PT – Partidos dos Trabalhadores)
  8. Simone Tebet (MDB – Movimento Democrático Brasileiro)
  9. Vera Lúcia (PSTU – Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado)
quem vai ganhar as eleições de 2022

Opções de apostas presidente Brasil

Ipespe faz pesquisa para quem vai ganhar as eleições de 2022

Com certeza votaria nele para presidente:

  • Lula (PT) – 44%
  • Bolsonaro (PL) – 29%
  • Ciro (PDT) – 12%
  • Doria (PSDB) – 6%
  • Tebet (MDB) – 4%
  • Janones (Avante) – 3%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 1%

Poderia votar nele para presidente:

  • Ciro (PDT) – 39%
  • Doria (PSDB) – 27%
  • Tebet (MDB) – 14%
  • Lula (PT) – 12%
  • Bolsonaro (PL) – 8%
  • Janones (Avante) – 7%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 7%

Não votaria nele de jeito nenhum para presidente:

  • Bolsonaro (PL) – 61%
  • Doria (PSDB) – 57%
  • Ciro (PDT) – 43%
  • Lula (PT) – 43%
  • Janones (Avante) – 36%
  • Tebet (MDB) – 35%
  • Felipe d’Avila (Novo) – 34%

Não o conhece o suficiente para opinar em quem vai ganhar as eleições de 2022:

  • Felipe d’Avila (Novo) – 58%
  • Janones (Avante) – 53%
  • Tebet (MDB) – 46%
  • Doria (PSDB) – 9%
  • Ciro (PDT) – 5%
  • Lula (PT) – 1%
  • Bolsonaro (PL) – 1%

Fica a questão, quem vai ganhar as eleições de 2022?

Em suma, a pesquisa realizada pela Ipespe foi realizada entre os dias 2 e 5 de abril de 2022, a pedido da XP Investimento. Então, para saber quem vai ganhar as eleições de 2022, é preciso ir às urnas, garantir se voto, mas não deixar de apostar em quem você confia que vai ver às eleições. Em conclusão, entenda a diferença entre esquerda e direita antes de apostar nas eleições, afinal uma aposta presidente Brasil está bastante ligada a esses dois conceitos.

Em primeiro lugar, a ideologia política de direita visa defender valores mais conservadores e tradicionais. Também está ligada a liberdade do mercado e poder limitado de intervenção do Estado. Sendo assim, é comum ver privatizações sendo realizadas durante esse tipo de governo, aumentando a competitividade do mercado, .

Por outro lado, a esquerda defende os direitos de todos, incluindo dos grupos chamados de minorias. Assim como a igualdade através de políticas públicas e a intervenção do Estado. Então, sob o mesmo ponto de vista, visa uma igualdade entre cidadãos. Além disso, defende que o Estado controle o funcionamento de vários setores da sociedade, além dos direitos básicos dos cidadãos. Aproveite nosso código promocional exclusivo VIVAMAX e faça sua aposta política na 1xBet.

Fazer uma aposta política na 1xBet >>

quem vai ganhar as eleições de 2022

Foto de capa: Dida Samapio/AE