Menu

Uniformes Históricos de Futebol: Os uniformes mais Icônicos da História

Não é surpresa para ninguém que o futebol é o esporte mais praticado e conhecido do mundo, possuindo milhões de apreciadores espalhados por todos os continentes do planeta.

Para muitos, o futebol transcende as barreiras do esporte, sendo capaz de provocar intensos sentimentos em seus apreciadores. Por essa razão, os uniformes dos times e das seleções são tratados como mantos sagrados, sendo que alguns deles tornaram-se emblemáticos ao longo do tempo. Assim, apesar de ser um critério muito subjetivo, separamos abaixo uniformes de clubes e seleções que se tornaram icônicos com o passar dos anos, seja por sua relevância histórica ou mesmo por conta de sua beleza.

O manto da paz – Santos (BRA -1969)

Em 26 de janeiro de 1969, o Santos, equipe brasileira defendida à época por Pelé, realizou um amistoso contra a seleção da Nigéria. Este evento ficou marcado na história do futebol como o jogo que supostamente teria interrompido a guerra no país africano. Isso porque, segundo alguns relatos, o governo nigeriano decretou um cessar-fogo para que a equipe brasileira pudesse se deslocar até o estádio em que ocorreria a partida. Além disso, à época, o único jornalista que acompanhou a excursão santista pela África, relatou no jornal “A Tribuna”, que fora decretado feriado local em virtude do jogo.

Por outro lado, alguns historiadores e antropólogos discordam desta versão, afirmando, inclusive, que o clube brasileiro teria sido utilizado como instrumento político pelo Governo Federal para demonstrar que a região do jogo encontrava-se dominada e pacificada.

Assim, seja qual for a versão verdadeira, é incontroverso que o tradicional uniforme branco utilizado pelo “Peixe” (apelido do clube) no evento, merece um lugar de destaque como um dos mais icônicos da história.

O uniforme do Tri – Seleção Brasileira (1970)

Considerada por muitos como a melhor seleção de todos os tempos, o uniforme canarinho utilizado pela seleção na Copa do México de 1970 não poderia ficar de fora da lista. Além de sua extrema relevância no cenário futebolístico, o kit brasileiro (camisa amarela, calção azul e meias brancas) ganhou recentemente uma eleição promovida pelo canal britânico “BBC”, sendo a camisa amarela escolhida como a mais bonita da história do esporte.

A laranja mecânica – Seleção Holandesa (1974)

Grande protagonista e vice-campeã da Copa do Mundo de 1974, o uniforme utilizado pela lendária seleção holandesa comandada pelo astro Johan Cruijff, representa um grande marco na história do futebol. Isso porque, a tática revolucionária e o futebol extremamente ofensivo apresentado pelo “Carrossel Holandês”, surpreendeu o mundo, introduzindo um estilo de jogo até então desconhecido pelas nações. Devido ao seu estrondoso sucesso, a seleção também foi carinhosamente apelidada de “Laranja Mecânica”, filme homônimo de Stanley Kubrick, um dos grandes sucessos cinematográficos da época.

La Mano de Dios – Seleção Argentina (1986)

Seguindo o critério de importância histórica do uniforme, é claro que não poderia faltar o icônico kit utilizado por Diego Armando Maradona e seus companheiros durante a Copa do Mundo de 1986. Este mundial, vencido pelos argentinos, teve Diego Maradona como a principal figura do torneio, sobretudo por conta das quartas de final disputada entre Argentina e Inglaterra. Nesta partida, além de marcar o gol mais bonito da história das Copas, conhecido também como “o gol do século”, o craque argentino também anotou um tento utilizando a sua mão direita, algo inédito na história do torneio. O lendário gol ficou mundialmente conhecido como “La mano de Dios” (A mão de Deus).

A democracia corinthiana – Corinthians (BRA – 1982)

No início da década de 80, o povo brasileiro começou a se organizar na tentativa de combater o regime ditatorial vigente no país. Inspirado nesses movimentos, o clube alvinegro passou a ser gerido pelos próprios jogadores do clube, os quais tomavam em conjunto as principais decisões do clube, tais como, contratações, escalações e regras internas. Liderado pelo craque Sócrates, “a democracia corinthiana”, nomenclatura atribuída pelo publicitário Washington Olivetto, representou um grande marco na história do esporte e do país. Assim, o manto utilizado nesse tempo, além de ser muito bonito, possui grande importância na história.

O esquadrão rossonero – Milan (ITA – 1988/1989)

No fim da década de 80 e início da década de 90, não existia no mundo um time melhor do que o Milan, composto pelo famoso trio holandês formado por Frank Riijkaard, Ruud Gullit e Marco Van Basten, campeões europeus com a seleção nacional em 1988. A reunião de tantos craques deu ao time italiano o bicampeonato da Copa dos Campeões, atual UEFA Champions League, além do título nacional em 1988. Aliado a isso, o uniforme rubro negro utilizado pela lendária equipe destacava-se por sua beleza, sendo impossível deixá-lo de fora da lista.

Uniforme do Super Mario – Fiorentina (ITA – 1996/1997)

Patrocinada pela empresa japonesa desenvolvedora de consoles e jogos eletrônicos Nintendo, o segundo uniforme do time italiano na temporada de 1996/1997, trazia estampado uma foto do lendário Super Mario, personagem central da empresa. Dessa forma, este uniforme é considerado um dos mais icônicos da história, sobretudo em razão dos milhares de fãs do personagem.

Os leões indomáveis – Seleção de Camarões (1990)

Comandada pelo lendário atacante Roger Milla, a seleção de camarões surpreendeu o planeta ao chegar até as quartas de final da Copa do Mundo de 1990, feito até então inédito para uma seleção africana. Com um futebol envolvente, os leões indomáveis fizeram história, razão pela qual, o uniforme utilizado por essa incrível seleção também merece ser imortalizado.

Les Bleus de Zizu – Seleção Francesa (1998)

Realizada na França, a Copa do Mundo de 1998 deu aos franceses o inédito título mundial. Além disso, o torneio coroou o craque Zinedine Zidane, autor de dois gols na final contra o Brasil, o que lhe garantiu o título de melhor jogador do mundo daquele ano. O uniforme azul com listras brancas e vermelhas chamou a atenção por sua beleza e riqueza de detalhes, sendo até hoje um dos preferidos dos franceses. Assim, este uniforme será eternamente lembrado, fazendo jus a sua inclusão na presente lista.