Menu

    Todos os gols de Ronaldinho em competições oficiais

    Quantos gols Ronaldinho Gaúcho fez em sua carreira?

    Estudo detalhado envolvendo TODOS os gols de Ronaldinho em jogos oficiais, por clubes e Seleção principal:

    O início

    Ronaldinho Gaúcho estreou profissionalmente atuando pelo Grêmio, no ano de 1998. Inicialmente, ainda muito jovem, disputou pelo Tricolor a Copa Libertadores aquele ano, tendo, inclusive, marcado seu primeiro gol em um jogo oficial neste torneio, diante do Guardalara. No entanto, a temporada de 98 do Grêmio acabaria marcada por muitas eliminações em pouco tempo. No mês de maio, inicialmente, uma eliminação surpreendente para o Brasil de Pelotas, aindas nas quartas. Na Copa do Brasil, por sua vez, o Grêmio acabaria caindo nas oitavas diante do São Paulo. Por fim, na Libertadores, a despedida tricolor do torneio se daria após perder o confronto de quartas-de-final diante do Vasco, que acabaria campeão do torneio. Por fim, encerrado seu ano de estreia, Ronaldinho totalizaria 6 gols em jogos oficiais.

    Posterioremente, nos anos seguintes,  Ronaldinho assumiria o papel de protagonista de sua equipe. Em 1999, o atacante marcou 30 gols em jogos oficiais pelo tricolor, numa temporada que teve como pontos altos os títulos do Campeonato Gaúcho e da Copa Sul. Em seguida, no ano de 2000, o craque contribuiria com 29 gols, numa temporada que teve como destaque a campanha que levou o Grêmio às semi-finais do Brasileirão daquele ano. Ao fim de sua passagem pelo Grêmio, Ronaldinho marcou 58 gols em jogos oficiais.

    PSG – o início na Europa

    Finalmente, após poucos jogos no início de 2001, Ronaldinho acabaria por desembarcar na França para defender o Paris Saint-Germain, em sua primeira experiência no futebol europeu. Pelo clube da capital francesa, por sua vez, o atacante marcou 25 gols em jogos oficiais, em uma passagem que teve como único título a conquista da Copa Intertoto da UEFA. No entanto, apesar de poucos títulos conquistados na França, suas grandes atuações individuais foram mais que suficientes para que Ronaldinho despertasse interesse no Barcelona.

    Barcelona – o auge

    Entre as temporadas de 2003/2004 e 2007/2008, Ronaldinho viveu seu auge no futebol profissional. Com um futebol encantador, com dribles, gols e assistências, o atacante foi eleito por duas vezes o Melhor do Mundo, nos anos de 2004 e 2005. No entanto, sua passagem pelo clube catalão foi muito além de brilho individual. Dessa forma, pelo clube catalão, Ronaldinho conquistou duas Ligas Espanholas (2004/2005 e 2005/2006), 2 Supercopas da Espanha (2005 e 2006) e o maior de todos os títulos: a Liga dos Campeões da UEFA 2005/2006. Por fim, no total de sua passagem pelo Barcelona, Ronaldinho marcou 94 gols em jogos oficiais.

    Seleção Brasileira

    Atuando pela Seleção Brasileira, Ronaldinho anotou 33 gols em jogos oficiais. Ao longo de sua história pela amarelinha, o atacante atuou entre os anos de 1999 e 2013. Seu maior momento, certamente, seria na conquista do penta, na qual contribuiu com gols e assistências na campanha do quinto título brasileiro em Copas do Mundo. Pela Seleção principal, além de vencer a Copa de 2002, Ronaldinho ainda conquistou os títulos da Copa América de 1999 e da Copa das Confederações de 2005.

     

    Milan

    Posterioremente, entre 2008/09 e 2010/11, o atacante seguiu no futebol europeu. Dessa vez, no entanto, Ronaldinho atuaria no futebol italiano, pelo Milan. Pela equipe rossoneri, o atacante marcou 26 gols oficiais em uma passagem que teve como maior momento o título italiano de 2010/2011.

    Retorno ao futebol brasileiro

    Em 2011, de forma surpreendente, Ronaldinho foi anunciado como novo jogador do Flamengo. Dessa volta, seu retorno ao futebol brasileiro acabaria se dando após 10 anos de sua saída do Grêmio. No total de sua passagem pelo rubro-negro, Ronaldinho marcou 28 gols em jogos oficiais. Em termos de conquistas, no entanto, apenas o título carioca de 2011, conquistado de forma invicta. Por fim, no meio de 2012, a relação entre o jogador e o clube se estremeceu de forma irreversível e, ainda naquele ano, Ronaldinho acabaria se transferindo para o Atlético Mineiro.

    Atlético Mineiro: o renascimento

    Ao fim de sua tumultuada passagem pelo Flamengo, a chegada de Ronaldinho ao Atlético Mineiro acabaria sendo vista com algum ceticismo por boa parte de torcedores e imprensa. Seu futebol, no entanto, acabaria por pulverizar as dúvidas rapidamente. Inicialmente, em 2012, a chegada foi craque foi decisiva para que o clube fizesse ótima campanha no Brasileirão, terminando na segunda posição. Dessa forma, o Galo estava garantido na Libertadores do ano seguinte, competição que, até então, nunca havia vencido.

    Em 2013, finalmente, Ronaldinho viveria seu melhor momento atuando no futebol doméstico. Inicialmente, o título estadual conquistado em cima do rival Cruzeiro. Por fim, a grande conquista da história do clube: a Libertadores. Atuando pelo Galoo craque ainda participaria da conquista da Recopa Sul-Americana de 2014, antes do encerrar seu ciclo no clube. Por fim, no total de sua passagem pelo Atlético Mineiro, Ronaldinho marcou 27 gols em jogos oficiais.

    Fluminense, Querétaro e aposentadoria

    Nos anos de 2014 e 2015, Ronaldinho ainda atuaria no futebol profissional pelo Querétaro-MEX e pelo Fluminense. Essas passagens, no entanto, já se mostrariam sem o mesmo brilho de outrora. Pelo clube mexicano, o atacante anotou 8 gols em jogos oficiais. Por sua vez, pelo Tricolor, Ronaldinho não balançou as redes.

     

    Fontes: gremiopedia, rsssfbrasil, ogol.com.br, soccerway.com, transfermarket.com, galodigital

    Fontes: footstats.net, ogol.com.br e soccerway.com