Menu

    Alexandre Pato: números em jogos oficiais

    Alexandre Pato: números

    Compilado dos números de Pato atuando em jogos oficiais por Inter, Milan, Corinthians, São Paulo, Chelsea, Villarreal e Tianjin Tianhai:  estatísticas de total de gols, jogos e assistências

    Fontes: ogol.com.br, transfermarkt.uk, soccerway.com e footstats.net

    O início

    Alexandre Pato estreou no futebol profissional atuando pelo Internacional. Tido como uma promessa de enorme potencial, sua estreia se deu em um jogo da reta final do Brasileirão 2006, numa vitória fora de casa diante do Palmeiras, por 4×1. Com um gol marcado e duas assistências, imediatamente o jovem atacante mostrava seu cartão de visita. Posteriormente, ainda naquela temporada, Pato viria a participar da conquista do título mundial do Inter em 2006, tendo, inclusive marcado um gol na vitória por 2×1 na semi-final, diante do Al-Ahly.

    No começo do ano seguinte, entretanto, o clube viria a passar por algumas adversaridades. Na Libertadores, o Inter defendia seu título e, no entanto, teve campanha decepcionante: eliminado ainda na fase de grupos. Da mesma forma, no estadual, a equipe frustrou seu torcedores, tendo o título ficado com o Grêmio. Posteriormente, Pato participaria ainda da conquista da Recopa Sul-Americana daquele ano e de 9 jogos pelo Campeonato Brasileiro, antes de deixar o clube rumo ao futebol europeu. No total de sua passagem pelo Inter, Pato marcou 12 gols em 27 jogos.

    Milan e retorno ao Corinthians

    Como consequência de seu sucesso no Internacional, Pato acabaria se transferindo para o Milan, onde alternou bons e maus momentos. Ao longo de seis temporadas, acumulou 63 gols e 18 assistências em 150 jogos oficiais, tendo participado da conquista da Liga Italiana de 2010/2011. Sua passagem pelo gigante italiano, no entanto, ficaria também marcada por várias lesões, que fizeram com que o atacante disputasse apenas 25 jogos na soma de suas duas últimas temporadas pelo clube. Finalmente, em janeiro de 2013, Pato acabaria sendo comprado pelo Corinthians.

    No timão, a badalada contratação de Alexandre Pato causou furar na imprensa e na torcida corintiana. Antes de mais nada, o atacante chegara após o título mundial do Corinthians em 2012. Era o auge do clube, que vislumbrava manter sua hegomania com a qualificação do setor ofensivo. Inicialmente, em sua temporada de estreia, Pato contribuiu com 17 gols na temporada de 2013. Além disso, conquistou os títulos do Paulista e da Recopa Sul-Americana daquele ano. No entanto, a perda de um pênalti mal batido que resultou na eliminação do Corinthians na Copa do Brasil acabaria por gerar desgate na relação Pato/clube. Apesar disso, Pato ainda faria cinco jogos pelo Timão no início de 2014, antes de se transferir por empréstimo ao rival São Paulo.

    Empréstimo ao São Paulo e retorno ao futebol internacional

    Nas temporadas 2014 e 2015, Pato teve bons momentos pelo tricolor paulista, apesar de não ter conquistado títulos. No primeiro ano de empréstimo, em um time que contava com estrelas como Ganso e Luís Fabiano, o atacante participou da campanha do vice-campeonato brasileiro, contribuindo com 9 gols em 29 jogos. Ao fim da temporada, totalizou 12 gols e 5 assistências em 44 jogos oficiais. No ano seguinte, entretanto, seus números seriam melhores: em 2015, Pato atingiria sua melhor marca de gols em uma temporada: foram 26 em 59 jogos, além de 10 assistências. Por fim, o atacante encerraria sua passagem por empréstimo ao Tricolor com 47 gols em 133 partidas oficiais.

    Ao fim de de 2015, mais uma vez, Pato buscava o sucesso no futebol europeu. Ainda vinculado ao Corinthians, o atacante seria cedido por empréstimo ao Chelsea. Sua equipe na equipe londrina seria com gol de pênalti, em goleada dos Blues por 4×0 sobre o Aston Villa. O tento na partida inicial, no entanto, acabaria não sendo prenúncio de grande coisa: Pato disputaria apenas mais um jogo pela equipe, totalizando 2 partidas em toda a temporada de 2015/2016. Ainda no futebol internacional, o atacante teria passagens por Villarreal – onde marcou 6 gols em 24 jogos oficiais – e pelo chinês Tianjin Quanjian, clube por onde totalizou 36 gols em 60 jogos. Por fim, o atacante retornaria ao São Paulo no início de 2019.