Menu

Jonas: números por Valencia e Benfica em jogos oficiais

!function(e,t,s,i){var n=”InfogramEmbeds”,o=e.getElementsByTagName(“script”),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?”http:”:”https:”;if(/^\/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(“script”);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,”infogram-async”,”//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js”);

Fontes: ogol.com.br, soccerway.com e transfermarkt.uk

Jonas Gonçalves Oliveira, atacante com grande destaque no Valencia e no Benfica, nasceu no dia 1 de abril de 1984, em Taiúva, São Paulo, Brasil. No futebol brasileiro, o centroavante também passou por Guarani, Santos, Portuguesa e Grêmio.

O começo no Bugre

Nas categorias de base do Guarani, Jonas iniciou a carreira dentro do futebol. O centroavante passou por todas as etapas até chegar ao sub-20, onde ganhou grande destaque pelas atuações que teve dentro de campo. Após algumas oportunidades no elenco profissional, em 2005, o jogador ingressou definitivamente a equipe de Campinas.

O grande ano com a camisa do Guarani aconteceu em 2005, na 2ª divisão do Campeonato Brasileiro. Naquela temporada, Jonas balançou as redes em 12 oportunidades, ou seja, foi um dos artilheiros na competição nacional. Com o destaque, o Santos contratou o jovem centroavante para o ano de 2006.

A grave lesão no Santos 

O início de Jonas no Santos foi interessante para os torcedores. Em resumo, no Campeonato Paulista de 2006, o atacante participou de cinco jogos e marcou quatro gols. Esteve no elenco que foi campeão do estadual. Entretanto, logo após sofreu uma grave lesão no joelho, perdeu praticamente o restante da temporada.

Apesar disso, voltou em 2007 para balançar as redes novamente no Paulistão. Com quatro gols na competição estadual, o jogador sofreu por conta da lesão no ano anterior, ou seja, perdeu espaço no elenco do Santos.

A oportunidade no Grêmio

Após um ano e meio no Santos, Jonas aceitou um novo desafio, jogar no Grêmio. Dessa forma, ainda em 2007, o centroavante era o mais novo reforço da equipe para o restante da temporada. A estreia foi justamente no Grenal, mas sofreu uma lesão na segunda etapa e foi substituído. Jonas terminou a temporada sendo um dos destaques do time no Campeonato Brasileiro.

Para 2008, com mais entrosamento na nova equipe, o jogador poderia brilhar no Campeonato Gaúcho. Todavia, perdeu espaço no elenco, ficou no banco de reservas na maioria dos jogos. Além disso, em algumas oportunidades, o centroavante não foi relacionado.

Em agosto de 2008, ou seja, menos de um ano no Grêmio, Jonas foi emprestado a Portuguesa, que disputava a 1ª divisão do Campeonato Brasileiro. Apesar da equipe terminar na 19ª colocação, o atleta marcou dez gols em 25 oportunidades. Com mais tempo em campo, o atacante mostrou o bom desempenho da época de Guarani.

O Grêmio decidiu manter Jonas no elenco para a temporada de 2009. Naquele ano, o centroavante aproveitou as oportunidades que recebeu no Campeonato Gaúcho, com oito gols na competição. No Campeonato Brasileiro, o jogador continuou com a boa fase, balançou as redes em 14 oportunidades. Contudo, no final da temporada, em partida diante do Corinthians, o atacante sofreu uma lesão no tornozelo, assim, ficou longe dos gramados até 2010.

Foram mais duas temporadas no Grêmio. Com 131 partidas na equipe e 78 gols, algumas equipes da Europa mostraram interesse em Jonas. Assim, no início de 2011, o Valencia, da Espanha, pagou 1 milhão e 250 mil euros para assinar com o jogador .

Passagem pelo futebol espanhol 

A estreia com a camisa do Valencia aconteceu contra o Real Sporting, pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol 2010/11. O 1° gol aconteceu logo em seguida, diante do Athletic Club de Bilbao. Em 14 partidas, balançou as redes em três oportunidades e deu três assistências.

O jogador continuou sendo titular do time espanhol na época 2011/12. Na UEFA Champions League, Jonas marcou três gols em cinco partidas. Após mais uma temporada, o centroavante perdeu espaço no Valencia. O time contratou em 2014 alguns nomes para o setor ofensivo, como Álvaro Negredo e Rodrigo.  Então, o brasileiro foi dispensado do time espanhol. Em resumo, participou de 157 jogos, marcou 52 gols e deu 22 assistências.

História no Benfica 

Pouco tempo após rescindir com o Valencia, Jonas assinou com o Benfica. A passagem pelo time português foi histórica. Rapidamente, o jogador conquistou a titularidade da equipe, fez 31 gols em 35 jogos da temporada 2014/15. Além disso, venceu o Campeonato Português e a Taça de de Portugal.

Em 2015/16 foi artilheiro do Campeonato Português com 32 gols. A fase artilheira continuou na época 2017/18, com 34 gols na competição nacional. O jogador mostrou o amor pelo Benfica e recusou uma proposta do futebol chinês.

Após algumas lesões na temporada 2018/19, Jonas decidiu encerrar a carreira, com uma linda história no Benfica. Em resumo, participou de 183 jogos, 137 gols e 42 assistências. Além disso, conquistou nove títulos com a equipe portuguesa.