Menu

    Mineirão – Cruzeiro EC

    Clubes: Cruzeiro EC

    Inauguração: 1965

    Capacidade: 64.000

    Descrição e história do estádio

    O Mineirão, cujo nome oficial é Estádio Governador Magalhães Pinto, foi construído para ser o principal estádio da cidade de Belo Horizonte e do Estado de Minas Gerais. Quando ele foi construído, o maior estádio ainda era o Independência, que havia sido construído para receber jogos da Copa do Mundo de 1950. Devido ao crescimento da popularidade do Cruzeiro e do Atlético Mineiro, o Independência rapidamente se tornou pequeno para as pretensões dos clubes.

     

    O estádio, projetado com capacidade para 130 mil espectadores, foi desenvolvido, então, para se tornar o mais moderno estádio do Brasil e a nova casa do Atlético Mineiro e do Cruzeiro. Após sua inauguração, o Independência foi adquirido e tornou-se a casa oficial do outro clube da cidade, o América Mineiro.

     

    A construção do Mineirão durou quase cinco anos. No dia 5 de setembro de 1965, o estádio foi oficialmente inaugurado com uma partida entre uma seleção mineira e o argentino River Plate (vitória dos donos da casa por 1 a 0).

    O Mineirão quase não foi modificado nas décadas seguintes. Na década de 1990 ainda preservava sua capacidade original. Em 1997, foi estabelecido o público recorde do estádio: 132.834 torcedores foram a uma partida entre Cruzeiro e Vila Nova, válida pelo Campeonato Mineiro.

     

    Quando o Brasil venceu a candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2014, ficou claro que Mineirão precisava passar por uma grande reforma. O projeto incluiu a reconstrução completa da camada inferior, uma extensão do telhado e outras reformas para atualizar o estádio para os padrões da FIFA.

     

    As obras duraram três anos e foram concluídas em dezembro de 2012. A primeira partida do Mineirão reaberto foi disputada no dia 3 de fevereiro de 2013, sendo um clássico entre Atlético e Cruzeiro. Curiosamente, o primeiro gol marcado no novo Mineirão foi contra. Marcos Rocha, do Atlético, marcou contra o próprio gol ao disputar uma bola no alto, aos 22 minutos do primeiro tempo, e o Cruzeiro acabou vencendo a partida por 2 a 1.

     

    O público total presente na reinauguração do Mineirão foi de 59.968, já um reflexo da forte diminuição da capacidade do estádio após a reforma para a Copa. Apesar disso, o estádio já vinha sofrendo cortes em sua capacidade desde a década de 1990, por razões de segurança e devido à instalação de cadeiras.

     

    Em seguida, o Cruzeiro acertou, com o governo do Estado de Minas Gerais, o aluguel do Mineirão pelos próximos 25 anos. O Atlético, por outro lado, não chegou a um acordo e preferiu seguir jogando a maioria dos seus jogos no Estádio Independência, para o qual já havia migrado quase totalmente durante o período de reformas do Mineirão para a Copa. Ainda assim, o Atlético disputa algumas partidas no Mineirão, quando pretende receber um público maior e arrecadar mais na bilheteria.

     

    O Mineirão recebeu um total de seis partidas durante a Copa do Mundo de 2014, incluindo quatro jogos da fase de grupos, a partida das oitavas de final entre Brasil e Chile (1 a 1 e vitória brasileira nos pênaltis) e a famosa semifinal dos 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil. Antes da Copa, o estádio já havia sido uma das sedes da Copa das Confederações de 2013, tendo recebido duas partidas da primeira fase e a semifinal entre Brasil e Uruguai (2 a 1). Nos Jogos Olímpicos de 2016, o Mineirão foi novamente uma das sedes, recebendo seis partidas do torneio feminino e quatro do torneio masculino.

    Como chegar ao Mineirão

    O Mineirão está localizado na região da Pampulha, na zona norte da cidade de Belo Horizonte, a cerca de 9 quilômetros do centro da cidade. Ele faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer sob encomenda do então prefeito de Belo Horizonte, Juscelino Kubitschek, e construído entre 1942 e 1944. O local é, hoje, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

     

    Você pode chegar ao estádio utilizando o ônibus 64, que passa pela Avenida Augusto de Lima, no centro de Belo Horizonte. Ele deve ser tomado em direção à Estação Venda Nova e passa bem em frente ao estádio. A viagem a partir do Centro leva cerca de 50 minutos.

     

    Outras alternativas são os ônibus das linhas 67 (Estação Vilarinho/Santo Agostinho via Carlos Luz), 5106 (Bandeirantes/BH Shopping) e 5401 (São Luís/Dom Cabral). O ônibus 67 sai da Estação Vilarinho, para nas estações de transferência da Avenida D. Pedro I e na Estação Pampulha, e segue até o bairro Santo Agostinho. O 5106 sai do bairro Bandeirantes, para nas estações de transferência da Avenida Antônio Carlos, passa pelo Centro e segue para a Savassi até o BH Shopping. Já o ônibus 5401 sai do bairro São Luiz, para nas estações de transferência da Avenida Antônio Carlos, passa no Centro e segue pela Avenida Amazonas até a PUC e o bairro Dom Cabral.

     

    Endereço: Av. Antônio Abrahão Caram 1001, São Luiz, Pampulha, Belo Horizonte.

    Comer, beber e dormir perto de Mineirão

    O Mineirão está localizado em uma área bastante agradável, predominantemente residencial. Fica ao lado do campus universitário da UFMG e próximo à Lagoa da Pampulha. A vizinha Igreja de São Francisco de Assis e o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, projetado por Niemeyer, merecem uma visita rápida.

     

    São poucos os hotéis próximos ao Mineirão, sendo o Bristol Pampulha Hotel provavelmente a melhor opção. Fora isso, a maioria dos hotéis está localizada no centro de Belo Horizonte, que também é onde você encontra a maior parte da vida noturna.

    Ingressos para jogos do Cruzeiro

    Os ingressos para os jogos do Cruzeiro podem ser adquiridos online, nas bilheterias do Mineirão ou na sede do clube, na Rua dos Guajajaras 1722, centro de Belo Horizonte.

     

    Os preços dos ingressos dependem do adversário, mas espere pagar algo entre R$ 40 e R$ 120, dependendo da posição do assento e da importância da partida.

    Links úteis

    Cruzeiro.com.br – Site oficial do Cruzeiro EC

    Belohorizonte.mg.gov.br – Informações turísticas de Belo Horizonte

    Bhtrans.pbh.gov.br – Informações do transporte público de Belo Horizonte