Menu

Max Kruse – números, estatísticas, gols, assistências, média e participações diretas

Max Kruse - números

Números de Max Kruse atuando por Union Berlin, Wolfsburg, Fenerbahce, Werder Bremen, Borussia M’gladbach, Freiburg e St. Pauli em competições oficiais: total de jogos, gols e assistências

Max Kruse – estatísticas

Max Kruse - estatísticas
ClubeJogosGolsAssistênciasMédiaPart. diretas
Union Berlin451960,4225
Wolfsburg6216140,2630
Fenerbahce23770,3014
Werder Bremen9435270,3762
Borussia M'gladbach7725190,3244
Freiburg391280,3120
St. Pauli1002240,2226
TOTAL440136850,31221

Os números de Max Kruse tiveram como fontes: footstats.net, ogol.com.br, transfermarkt.com e soccerway.com

Max Bennet Kruse – conhecido como Max Kruse – nasceu no dia 19 de março de 1988, em Reinbek, Alemanha. O atacante, que por muitos anos foi convocado para defender a seleção alemã, atualmente está sem clube.

Categorias de base

A carreira futebolística de Kruse começou cedo, em 1992, em um clube de sua cidade natal, TSV Reinbek. Lá o jovem permaneceu por seis anos, antes de migrar para o SV Vier- und Marschlande, que possui sua sede em Hamburgo.

Após mais sete anos, o atacante foi descoberto pelo Werder Bremen no início de 2006, começando a atuar pelo sub-19.

Início da carreira profissional

Em 2007, Kruse foi promovido ao time profissional do Werder Bremen. Apesar disso, começou atuando pela equipe reserva, mas logo foi integrado aos atletas principais.

No dia 4 de maio de 2009, o atacante firmou contrato com o FC St. Pauli por dois anos, mas acabou permanecendo por três temporadas. Durante a Bundesliga de 2011/12, o jogador marcou 13 vezes e deu seis assistências. Enquanto isso, o time terminou em quarto lugar, perdendo os playoffs de promoção no saldo de gols.

Passagens por Freiburg e Borussia Mönchengladbach

Depois da boa passagem St. Pauli, Kruse assinou contrato com o SC Freiburg em 2012. A sua estreia ocorreu em 18 de agosto de 2012 em uma partida contra o Victoria Hamburg. O jogo terminou com uma vitória do Freiburg por 2 x 1. Kruse marcou uma vez e deu assistência para a outra finalização

Durante esta temporada, o atleta atuou em 39 partidas, marcando 12 gols e dando 7 assistências. Em sua penúltima partida pelo clube, Max foi premiado como “Homem do jogo”.

No ano seguinte, o atacante assinou com o Borussia Mönchengladbach em abril. O primeiro gol marcado por ele foi em 17 de agosto, numa partida contra o Hannover 96.

Kruse permaneceu no Borussia por duas temporadas – apesar de ter firmado um contrato de quatro anos. Neste período, o jogador disputou 77 partidas, marcou 25 vezes e deu 17 assistências.

Em 10 de maio de 2015, o VfL Wolfsburg ativou a cláusula de liberação do atleta, no valor de 12 milhões de euros. No mês de agosto, Kruse marcou seu primeiro gol em partida contra o Stuttgarter Kickers.

Retorno ao Werder Bremen

No ano seguinte, o jogador voltou ao Werder. O seu primeiro gol foi marcado na sua terceira partida pelo clube. Mas, a marca da sua atuação pelo time foi alcançada em um jogo realizado em 22 de abril de 2017. Neste dia, Kruse marcou quatro gols em um jogo pela primeira vez em sua carreira.

Além disso, o técnico Florian Kohfeldt o escolheu como capitão da equipe para a temporada de 2018/19. Outro recorde alcançado pelo atacante é que, em 2018, ele completava seis anos sem perder um pênalti – 24 cobranças.

Fenerbahçe e volta ao futebol alemão

Mesmo em uma boa fase, Max não estendeu o contrato com o Werder Bremen. Assim, em 2019, o jogador se transferiu para o Fenerbahçe, com um contrato de três anos.

No entanto, em 18 de junho de 2020, ele rescindiu seu contrato com o clube utilizando como justificativa os salários atrasados. No período em que permaneceu na equipe, atuou em 23 partidas, marcando sete vezes.

Em agosto de 2020, Kruse voltou à Bundesliga, desta vez atuando Union Berlin. O atleta permaneceu no clube por duas temporadas, atuando em 45 partidas, marcando 19 gols e cedendo 10 assistências.

Por fim, em de janeiro de 2022, o atacante voltou ao Wolfsburg em um contrato de um ano e meio. Apesar disso, mais uma vez, o combinado não foi cumprido. Assim, em 28 de novembro do mesmo ano, clube e Kruse concordaram em rescindir o contrato.

Dessa maneira, até o momento, Max Kruse permanece sem atuar oficialmente por nenhuma equipe.

Atuações pela seleção

De 2006 a 2008, Max Kruse foi convocado para participar de competições pela seleção sub-19, sub-20 e sub-21. Neste período, o atacante participou de 24 partidas e marcou oito vezes.

Em 2013, estreou pela seleção principal em 29 de maio de 2013, num amistoso contra o Equador. Durante dois anos de convocação, Mas jogou 14 vezes, marcando quatro gols.

Polêmicas extradesportivas

Para além das atuações dentro de campo, Max Kruse se envolveu em diversas polêmicas extradesportivas. Em outubro de 2015, o jogador que é viciado em póquer, esqueceu 75 mil euros em espécie, dentro de um táxi. Como punição pela falta ida à noitada, o atleta foi multado pelo Wolfsburgo em 25 mil euros.

Em 2016, também se tornou pública a compulsão de Kruse por Nutella. Mais uma vez, o clube conversou com o jogador, recomendando que ele buscasse controlar esse vício.

Max Kruse também foi cortado da seleção alemã por conta de dois acontecimentos próximos às Copas do Mundo de 2014 e 2018.

Segundo especulou o jornal SportBild, o atacante ficou fora do Mundial no Brasil porque teria levado mulheres ao seu quarto, durante a concentração para amistoso contra a Inglaterra, em novembro de 2013.

O atleta chegou a ser convocado para amistosos realizados em 2016, mas foi desconvocado por indisciplina. Na comemoração do seu aniversário de 28 anos, realizada em uma boate em Berlim, Kruse se envolveu em uma briga com um fotógrafo.