Menu

Raúl de Tomás – números, estatísticas, gols, assistências, média e participações diretas

Números de Raúl de Tomás atuando por Espanyol, Benfica, Rayo Vallecano, Valladolid, Cordoba e Real Madrid em competições oficiais: total de jogos, gols e assistências

Raúl de Thomas - números

Raul de Tomás - estatísticas
ClubeJogosGolsAssistênciasMédiaPart. diretas
Espanyol894560,5151
Benfica17310,184
Rayo Vallecano663840,5842
Valladolid391520,3817
Cordoba27600,226
Real Madrid1000,000
TOTAL239107130,45120

Os números de Raúl de Tomás tiveram como fontes: footstats.net, ogol.com.br, transfermarkt.com e soccerway.com

Raúl de Tomás é um jogador de espanhol, conhecido também pelas iniciais do seu nome, ou seja, RdT. Nascido em Madrid, seus primeiros passos se deram no C.D San Roque, no ano de 2001 e onde permaneceu até 2004. Posteriormente, foi integrado às bases do Real Madrid, onde mostrou uma grande evolução nas equipes filiais dos Merengues, chegando a balançar as redes 31 vezes na temporada 2011/12.

Em 2012/13, chegou ao Castilla, mais um dos times filiais do Real Madrid, mas com a presença de veteranos na equipe, teve que vestir a camisa do Real Madrid C, com o qual conseguiu o título da Copa do Rei 2013 e anotando um dos gols da final. Na temporada 2013/14, subiu de volta ao Castilla, onde ficou por um ano. Nesse período, chegou a jogar pelo time principal dos Merengues em jogo da Copa do Rei, substituindo o francês Karim Benzema.

Em 2015, foi emprestado ao Córdoba por uma temporada, mas não teve tanto espaço no time titular, já que o treinador da época preferia usar outros atletas em seu lugar. No ano seguinte, chegou ao Real Valladolid, também por empréstimo. Apesar de demorar, Raúl de Tomás conseguiu mais minutos e titularidade nos Pucelas e tornou-se o maior artilheiro do time na temporada, marcando 15 gols em 39 jogos.

Em setembro de 2017, novamente por empréstimo, RdT voltou a Madrid, mas para jogar pelo Rayo Vallecano e sendo peça chave para a campanha dos Rayistas voltarem à elite do futebol espanhol. Em 12 jogos, o jogador balançou a rede sete vezes e no final da temporada, anotou 24 gols e o time de Vallecas conseguiu subir para a La Liga.

Raúl de Tomás renovou por mais uma temporada com o Rayo Vallecano, jogando no período 2018/19. Nesse entretempo, o jogador marcou seu primeiro gol na 1ª divisão do Campeonato Espanhol e consagrou-se o maior artilheiro do time na temporada, mas a queda dos Rayistas para a La Liga foi inevitável. Em 2019/20, foi vendido ao Benfica, onde permaneceu pouco mais de seis meses, jogando apenas sete partidas e não marcando nenhum gol.

Em janeiro de 2020, foi contratado pelo Espanyol e a maior contratação da história dos Parakeets, vendido ao time por 20 milhões de euros. Jogou o resto da temporada 2019/20, marcando quatro gols em 14 jogos, mas o clube catalão não conseguiu permanecer na elite e desceu para a La Liga 2. Na temporada seguinte, pela 2ª divisão do torneio, foi o maior artilheiro do campeonato com 23 gols em 37 jogos e também peça chave para ajudar o time a voltar para a La Liga.

Estreou na Seleção Espanhola quando ainda estava no Espanyol, em novembro de 2021 e jogou quatro jogos, mas não marcou nenhum gol. Chegou a jogar também nas categorias de base da La Roja, do sub-17 ao sub-19 e balançou a rede seis vezes. Com os Parakeets na temporada 2021/22, foi o 2º maior artilheiro da La Liga e marcou 17 gols em 34 partidas.

Para 2022/23, o Rayo Vallecano quis o jogador de volta e o Espanyol concordou, mas como a venda do atleta foi fechada nos últimos instantes da janela de transferências e fora do período de inscrições, Raúl de Tomás ficou até janeiro de 2023 sem entrar em campo.