Menu

Raphael Veiga – números, estatísticas, gols, assistências, média e participações diretas

Raphael Veiga - números e estatísticas

Raphael Veiga – estatísticas

Números de Raphael Veiga atuando por Coritiba, Athletico e Palmeiras em competições oficiais: total de jogos, gols e assistências

Raphael Veiga - estatísticas
ClubeJogosGolsAssistênciasMédiaParticipações diretas
Palmeiras30092420.31134
Athletico48980.1917
Coritiba24330.136
TOTAL372104530.28157

Os números de Raphael Veiga tiveram como fontes: footstats.net, ogol.com.br, transfermarkt.com e soccerway.com

Início da carreira de Raphael Veiga em São Paulo e mudança para Curitiba

Considerado um dos melhores jogadores do Palmeiras, o início da carreira de Raphael Cavalcante Veiga não foi fácil. Primeiramente, o jogador nasceu no dia 19 de junho de 1995, na cidade de São Paulo. O jogador pode atuar tanto como meio-campista, quanto na ponta-direita.

Apesar de ser ídolo do Palmeiras, Raphael Veiga começou a carreira como jogador do principal rival da equipe. Em 2004, iniciou a trajetória no futebol pelo Corinthians, onde ficou até 2006. Inicialmente, era goleiro por ser fã do Marcos, mas pela baixa estatura, foi dispensado.

Posteriormente, retornou ao Timão, mas dessa vez como jogador de linha e jogou na base como Marquinhos, zagueiro da Seleção Brasileira e destaque do PSG.

Em 2007, entrou para a escola Fundação e no mesmo ano foi para o Mercedes-Benz, mas em 2008 assinou com outro grande clube paulista, o São Paulo. Contudo, o jogador morava longe do clube e a situação financeira era ruim, encontrando dificuldades para pagar as passagens.

Assim, ainda em 2008, foi para a Portuguesa, onde ficou até 2009. Posteriormente, em 2010, chegou ao Grêmio Osasco Audax, após um ex-treinador ver Raphael Veiga jogar futebol na praia. No clube, o jogador conseguiu se desenvolver na profissão, ficando na equipe por quatro anos.

No Audax, Raphael Veiga chamou a atenção de um olheiro do Coritiba, que fez o convite para o jogador defender a equipe em 2013. Com o passar dos anos, foi se adaptando na nova equipe e terminando a formação como atleta e em 2015, foi o artilheiro da Taça Federação Paranaense de Futebol e destaque no título do Campeonato Paranaense Sub-18.

Raphael Veiga é contratado pelo time do coração

As boas atuações de Raphael Veiga chamaram a atenção de Gilson Kleina, técnico da equipe principal do Coritiba, sendo promovido para o elenco em fevereiro de 2016. A estreia foi no dia 11 de março, na vitória por 3 x 0 contra o Avaí pela Copa da Primeira Liga.

Posteriormente, estreou no Campeonato Brasileiro na vitória por 1 x 0 contra o Santa Cruz e o técnico Gilson Kleina elogiou a atuação de Veiga. Assim, marcou três gols e deu três assistências, sendo uma das grandes revelações do Brasileirão 2016.

Dessa forma, Raphael Veiga chamou a atenção do Palmeiras, sendo anunciando em 2017 com vínculo válido até 2021. O jogador revelou ser torcedor da equipe na apresentação, podendo realizar o pedido feito pelo seu avô, que também era palmeirense, além de atuar no mesmo clube que ídolo da infância defendeu, o ex-goleiro Marcos.

Na pré-temporada, em amistoso contra a Chapecoense em homenagens às vítimas do desastre aéreo de 2016, Raphael Veiga marcou o primeiro gol com a camisa do Palmeiras. Contudo, balançou as redes em uma oportunidade no restante da temporada, além de duas assistências.

Empréstimo para o Athletico e retorno ao Palmeiras

Com pouco espaço na equipe, Raphael Veiga foi emprestado ao Athletico em 2018 até o final da temporada. No retorno para Curitiba, o jogador recuperou o bom futebol das categorias de base. Em 48 jogos, marcou nove gols e deu oito assistências, sendo fundamental no título da Copa Sul-Americana.

Em 2019, Raphael Veiga retornou ao Palmeiras, mas novamente enfrentou alguns problemas na equipe, principalmente com pouco espaço entre os titulares. No entanto, em fevereiro de 2020, renovou o contrato até o final da temporada 2023.

A chegada de Abel Ferreira em 2020 foi essencial para Raphael Veiga. O jogador demonstrou ótima melhora no rendimento e virou um dos principais atletas da equipe, assumindo a titularidade no meio-campo. Em três anos com o treinador português, marcou 57 gols, sendo fundamental em títulos como Paulistão, o bicampeonato da Libertadores e Brasileirão.

Os ótimos números de Raphael Veiga, deixaram o jogador no radar da Seleção Brasileira, sendo pedido para ser convocados por muitos torcedores. Além disso, em novembro de 2022, assinou outra renovação de contrato, dessa vez válido até 2026.

Em 2023, continuou sendo convocado pelo Brasil. Além disso, foi um dos nomes de destaque na nova conquista do Palmeiras no Brasileirão.